INTERVENÇÃO CÍVICA EM DEFESA DO PATRIMÓNIO

Em 2012 a ASPA comemorou 35 anos de intervenção em Braga. Criou, nessa data, este blogue.
Em 2017 comemora 40 anos de intervenção.
Numa cidade em que as intervenções livres dos cidadãos foram, durante anos, ignoradas, hostilizadas ou mesmo reprimidas, a ASPA, contra ventos e marés, sempre demonstrou, no terreno, que é verdadeiramente uma instituição de utilidade pública.
Numa época em que poucos perseguem utopias, não queremos descrer da presente e desistir do futuro, porque acreditamos que a cidade ideal, "sem muros nem ameias", ainda é possível.
DEZEMBRO DE 2013
O novo executivo municipal suspende o PDM na área da ZEP das Sete Fontes.
Foi dado o 1º passo e há, finalmente, a esperança para o Monumento Nacional.

JUNHO DE 2015
O PDM aprovado na Assembleia Municipal de Braga prevê área de construção em ZEP do Monumento Nacional.
Novamente um futuro incerto para o Complexo das Sete Fontes?!

MARÇO de 2016
Publicada a Declaração nº16/2016, de 3 de março, que revoga o despacho que aprovou a constituição de faixa de reserva "non aedificandi" para o lanço da EN 103-Variante de Gualtar, entre o Nó do Hospital e o Nó Norte (Nó do Fojo).
É o fim da variante que atravessaria o Complexo das Sete Fontes e tanto preocupava os defensores do Monumento Nacional.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

ENTRE ASPAS - "Mosteiro de Tibães: obra feita. Projecto adiado?"

Esperamos que os responsáveis pela tutela do Mosteiro de Tibães tenham em consideração a Recomendação da UNESCO e o parecer do ICOM, de modo a permitir que, no futuro, aquele monumento único, por cuja preservação a ASPA tanto lutou, se mantenha como suporte da memória, do espírito e das ambiências do lugar.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

LOUVOR DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE BRAGA

Na Assembleia Municipal de Braga, realizada no dia 17 de fevereiro de 2017, a ASPA mereceu o louvor de todas as forças políticas.
Logo que possível iremos divulgar o texto da proposta apresentada pela CeM e PSD.
Diário do Minho - 19 de fevereiro 2017


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

ENTRE ASPAS - "ASPA: uma associação indomada e indomável"

A ASPA é uma causa que tem mobilizado centenas de cidadãos conscientes e atentos, para quem o interesse público se sobrepõe a interesses individuais.
Apesar das vitórias houve batalhas que nós perdemos. Que os bracarenses perderam.
Mas Braga merece ganhar! Os desafios que colocámos ao executivo municipal, liderado por Ricardo Rio, têm esse objetivo.
Diário do Minho - 6 fev 2017 






sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

ASPA: 40 ANOS. Conferência de Imprensa.

Na Torre de Menagem (que foi a sede da ASPA durante largos anos), e tendo como fundo a bandeira da associação, fizemos uma retrospectiva dos combates desencadeados desde 1977 até ao presente. Apresentámos uma lista de prioridades para Braga, em matéria de Património, que esperamos ver concretizadas brevemente.
Nesta conferência de imprensa contamos com a  simpática presença de associados, colaboradores e amigos. 
Ampliar                                              Ampliar
                                                                                         
ASPA comemora  40 ANOS de luta pela defesa do Património.
Na próxima segunda-feira, dia 6 de fevereiro, pelas 15h00, promove uma Conferência de Imprensa que será realizada na Torre de Menagem,  em Braga.
Está aberta a associados, colaboradores e amigos.

Esta é a primeira iniciativa da Comemoração dos 40 ANOS DA ASPA.